Grupo Transzilli faz aquisição do Terca Armazéns Gerais e prevê investimentos de R$ 65 milhões em dois anos | Brazil Modal

O Grupo Transzilli, um dos maiores operador logístico do Brasil, com transportes e armazenagens de cargas secas, resfriadas, congeladas e de medicamentos, adquiriu recentemente o Terca Armazéns Gerais, centro logístico e industrial aduaneiro (Clia) instalado há 25 anos em Cariacica, no Espírito Santo. O anúncio da operação será feito nesta quinta-feira (15) e prevê investimentos de aproximadamente R$ 65 milhões em dois anos e a atração de novas empresas para o Estado.

A informação é do CEO do Grupo Transzilli, Osvaldo Zilli, ao destacar que os primeiros investimentos visam melhorias de infraestrutura do Terca, como armazéns e pátios abertos, que devem ser concluídos nos próximos meses para atender os clientes com qualidade dando o melhor nível serviço aos importadores e exportadores, que usam o terminal alfandegado, e aos clientes do mercado interno. “O Terca também disponibiliza um terminal dentro de sua área física para atender produtos vindo da Zona Franca de Manaus onde existe um acordo firmado com o Estado do Espírito Santo”, lembra.

“A previsão é de que, com esse novo investimento no Terca, novas empresas se instalarão, visto que temos alguns clientes na Transportes e Armazenagens Zilli que atuam em outros estados em nossos armazéns, e que já demonstraram interesse em conhecerem os incentivos fiscais do Espírito Santo. Acredito que faremos um importante movimento na atração de novas empresas para o Estado, gerando emprego e renda”.

Com os investimentos, a previsão é da geração de aproximadamente 100 empregos diretos e que o faturamento do Terca dobre nos próximos anos.
Para o diretor-superintendente do Terca, Sidemar Acosta, a chegada do Grupo reforça a importância do complexo capixaba na logística brasileira e amplia a gama de serviços prestados aos clientes. “O Grupo está presente em nove estados brasileiros, com marcas importantes no mercado nacional e, com certeza, trará mais expertise e qualidade para o Terca”, reforçou.

Espírito Santo
Estado considerado logisticamente importante no país, com um complexo portuário consolidado e reconhecido internacionalmente, os investimentos do governo federal em novos modais marítimo e ferroviário foram importantes para a decisão do Grupo Transzilli, que atua fortemente no setor rodoviário.

“Antes a logística estava aproximadamente 80% no transporte rodoviário, e que vem mudando nos últimos anos, principalmente com as privatizações do governo federal. Com essas mudanças, estamos acompanhando as novas tendências de mercado como o projeto da infraestrutura do Governo Federal “BR do Mar”, acreditamos que a logística brasileira vai destravar. Nesse cenário veio a oportunidade de investir no terminal no Espírito Santo”, contou Osvaldo Zilli.

O Terca
O Terca – Zilli Armazéns Gerais é um Centro Logístico e Industrial Aduaneiro (Clia), instalado no Espírito Santo, com mais de 25 anos de atuação no mercado brasileiro em soluções em logística.

Em mais de 500 mil metros quadrados, o complexo possui uma área alfandegada, armazém geral, condomínio logístico para desenvolvimento de novos projetos e o Entreposto da Zona Franca de Manaus. Esse pool de serviços somado a expertise colocam o Terca como uma das principais empresas de logística do Brasil.

Com mais de 300 colaboradores, o Terca movimentou nos últimos três anos mais de 20 mil contêineres, mais de 72 mil automóveis e mais de 5 mil máquinas. Dos produtos importados, as maiores operações ficam com itens como vinho, gordura vegetal, medicamentos, cosméticos, produtos químicos controlados, automóveis, máquinas, vestuário, matérias prima para as indústrias.

Grupo Transzilli
Com cerca de 1,2 mil colaboradores, o Grupo foi fundado em 1990 e conta hoje com cinco importantes marcas no mercado nacional: Transzilli, Jetlog, Covezi, Zilli Pneus e o Terca. Presente em nove estados brasileiros, com filiais e diversas estruturas de armazenagem, o Grupo é um dos principais em operações logísticas e de transporte de cargas e armazenagem do país.

São mais de 600 veículos para transporte rodoviário, além de centros de distribuição avançados, com localização privilegiada, amplo espaço, estrutura de porta-paletes, ambientes climatizados e congelados de -25°C, câmaras frias de 02°C a 08°C para armazenagem de medicamentos, segurança com alarme e monitoramento interno e externo por circuito fechado de TV 24 horas e farmacêutico responsável.

 

 

 

Fonte: Assessoria

Fonte:
http://brazilmodal.com.br/2015/highlights/grupo-transzilli-faz-aquisicao-do-terca-armazens-gerais-e-preve-investimentos-de-r-65-milhoes-em-dois-anos/