Santos Brasil movimentou 302.735 contêineres no quarto trimestre de 2020 | Brazil Modal

EBITDA no trimestre alcançou R$ 81,5 milhões, com margem de 31,3%. Prejuízo líquido foi de R$ 13,8 milhões em 2020. A Santos Brasil encerrou o quarto trimestre de 2020 com um crescimento de 4,4% em relação ao quarto trimestre de 2019, somando 302.735 contêineres movimentados em seus três terminais – Santos (SP), Imbituba (SC) e Vila do Conde (PA). No consolidado do ano, a companhia movimentou 1,07 milhão de contêineres (-7,7% em comparação a 2019).

A retomada das importações e a continuada alta das exportações foram determinantes para o desempenho positivo no trimestre. O pico de sazonalidade nas importações no Porto de Santos, que geralmente se inicia em agosto, aconteceu tardiamente em 2020, devido aos impactos da pandemia na produção e no consumo, concentrando-se nos meses de outubro, novembro e dezembro. A Santos Brasil Logística foi igualmente beneficiada com a retomada das importações no Porto de Santos no quarto trimestre de 2020. No trimestre, o Terminal de Veículos foi a unidade que apresentou o maior crescimento.

O Tecon Santos movimentou 268.426 contêineres no quarto trimestre de 2020, crescimento de 6,2% em relação ao quarto trimestre de 2019. Em 2020, o terminal movimentou 937.424 contêineres, queda de 7,8% na comparação com 2019. O market share do terminal foi de 36,2% no quarto trimestre de 2020 e 35,6% no ano, de acordo com os dados da Santos Port Authority (SPA).

O Tecon Vila do Conde apresentou crescimento de 11,8% no quarto trimestre de 2020, quando comparado ao quarto trimestre de 2019, impulsionado pelo aumento das importações de cargas de projeto e das exportações de commodities agropecuárias e minerais. No consolidado do ano, o terminal movimentou 99.890 contêineres, contra 104.262 em 2019.

A queda de 42,1% na movimentação de contêineres do Tecon Imbituba no quarto trimestre de 2020 foi compensada por uma alta expressiva nos embarques do Terminal de Carga Geral (TCG). A movimentação consolidada no ano no terminal foi de 41.678 contêineres ( menos 13,1% em relação a 2019).

Na Santos Brasil Logística, o volume de contêineres armazenados subiu 6,9% no quarto trimestre de 2020, influenciado pelo aumento das importações no Porto de Santos. Este movimento foi fomentado pelas escalas extras de navios e, também, pelo reaquecimento das atividades industriais, principalmente do setor automotivo. O processo de reabastecimento de estoques nas principais indústrias importadoras (automotiva, química e farmacêutica), influenciado pela retração nos trimestres anteriores e pelo crescimento do consumo no mercado doméstico nos últimos meses do ano, acelerou as operações logísticas de modo geral, incluindo a armazenagem de carga.

O TEV movimentou 52.491 veículos no quarto trimestre de 2020, um crescimento de 47,2% em relação ao quarto trimestre de 2019. As exportações foram 50,4% maiores e as importações de veículos cresceram 25,9% no quarto trimestre de 2020, quando comparadas ao quarto trimestre de 2019, influenciadas pela alta nas vendas de veículos no mercado doméstico. No consolidado do ano, o terminal movimentou 153.511 veículos, queda de 13,6% frente a 2019.

A receita líquida consolidada da Companhia somou R$ 260,6 milhões no quarto trimestre de 2020 (13,2% a mais que o quarto trimestre de 2019) e R$ 929,6 milhões em 2020 (menos 4,4% do que em 2019).

A Santos Brasil registrou EBITDA de R$ 81,5 milhões no quarto trimestre de 2020, 15,3% superior ao quarto trimestre de 2019, com margem de 31,3%. Em comparação ao terceiro trimestre de 2020, houve crescimento de 64,2%, estimulado pela recuperação das importações no Porto de Santos.

A companhia apurou lucro líquido de R$ 14,3 milhões no quarto trimestre de 2020 (38,8% a mais que o quarto trimestre de 2019) e prejuízo líquido de R$ 13,8 milhões em 2020.

 

 

 

Fonte: Portos e Navios

Fonte:
http://brazilmodal.com.br/2015/highlights/santos-brasil-movimentou-302-735-conteineres-no-quarto-trimestre-de-2020/