Opositor russo é internado em estado grave com suspeita de envenenamento

O líder da oposição russa Alexei Navalny foi internado inconsciente, nesta quinta-feira, 20, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Omsk, na Sibéria. Segundo a porta-voz de Navalny, Kira Yarmysh, ele foi envenenado.

Navalny, de 44 anos, sentiu um mal-estar a bordo do avião em que voltava da cidade de Tomsk, na Sibéria, para Moscou e a aeronave teve que fazer um pouso de emergência no aeroporto de Omsk. Ele foi levado em seguida para um hospital.

Segundo a porta-voz relatou em seu Twitter, Navalny “se sentiu mal. O avião pousou com urgência em Omsk. Alexei foi envenenado. Agora estamos indo para o hospital de ambulância”, escreveu.

“Presumimos que Alexei foi envenenado com algo misturado ao chá. Foi a única coisa que ele bebeu pela manhã. Os médicos dizem que a toxina foi absorvida mais rapidamente pelo líquido quente”, escreveu Yarmysh. Uma testemunha publicou uma foto nas redes sociais de Navalny bebendo em um copo de plástico em um café do aeroporto.

Continua após a publicidade

No entanto, em comunicado, a companhia aérea russa S7 com a qual viajava Alexei Navalny afirmou que ele não consumiu alimentos nem bebidas a bordo.

De acordo com a porta-voz do político russo, conhecido por sua luta contra a corrupção no país, Navalny “permanece inconsciente” e está internado na UTI e conectado a um respirador. “Há um ano, quando Alexei estava no centro de detenção, ele foi envenenado. Obviamente, eles fizeram o mesmo com ele agora”, escreveu Yarmysh na rede social.

Os médicos esperam especificar ao longo do dia o diagnóstico do opositor. “Acho que durante o dia determinaremos com precisão o diagnóstico. Em qualquer caso, (Navalny) está recebendo todo o tratamento necessário”, disse o vice-diretor do Hospital de Emergência nº 1 de Omsk, Nikolai Kalinichenko, citado por a agência Interfax.

Ele acrescentou que não há certeza de que o estado de Navalny tenha sido causado por envenenamento, embora isso “esteja certamente sendo examinado como uma das possíveis causas”. “No entanto, outras causas que poderiam ter causado este quadro clínico grave estão sendo estudadas. Estamos trabalhando”, reiterou Kalinichenko.

Continua após a publicidade

ASSINE VEJA

A encruzilhada econômica de Bolsonaro Na edição da semana: os riscos da estratégia de gastar muito para impulsionar a economia. E mais: pesquisa exclusiva revela que o brasileiro é, sim, racista

Clique e Assine

Navalny, um hábil comunicador, tornou-se um dos maiores opositores do governo de Vladimir Putin, com suas campanhas para denunciar a corrupção entre os altos funcionários do país. Em 2017 sofreu queimaduras químicas em um olho quando alguns homens jogaram um líquido verde usado como desinfetante em seu rosto.

O diretor do departamento jurídico da fundação anticorrupção comandada por Navalny, Vyacheslav Gimadi, escreveu no Twitter que “não há dúvidas de que Navalny foi envenenado por sua posição e suas atividades políticas”. Também anunciou que os advogados do opositor solicitaram uma investigação por tentativa de assassinato de uma pessoa pública.

(Com EFE e AFP)

Fonte:
https://veja.abril.com.br/mundo/opositor-russo-internado-em-estado-grave-com-suspeita-de-envenenamento/