Furacão Laura pode ser um dos piores da história dos Estados Unidos

A poucas horas de atingir o litoral do Texas e da Louisiana, o furacão Laura ganhou força nas últimas horas e se aproxima da Categoria 5, a mais forte da escala, com ventos superiores a 250 quilômetros por hora. A tempestade foi classificada como “monstruosa” e “impossível de sobreviver” pelo Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, em inglês).

De acordo Ken Graham, diretor do NHC, as condições estão mudando rapidamente no Golfo do México, reunindo condições que favorecem o recrudescimento do fenômeno. “Será um evento catastrófico”, disse Graham.

Pesquisadores da Universidade do Colorado disseram que se os ventos permanecerem na atual velocidade este será o furacão mais forte já registrado na costa da Louisiana. Isso inclui o Katrina, que em 2005 devastou a cidade de Nova Orleans. 

Quando tocar o solo, a tormenta deverá provocar ondas superiores a sete metros de altura. A maré pode avançar 48 quilômetros costa adentro. Cerca de 20 milhões de pessoas vivem nessa região, e 500.000 já foram evacuados. Segundo meteorologistas, 10 estados americanos estão no caminho do fenômeno. 

Continua após a publicidade
Dez estados americanos estão no caminho do furacão Laura Reprodução/Reprodução

“O furacão Laura é muito perigoso e está se intensificando”, escreveu o presidente Donald Trump nas redes sociais.  “Ouçam as autoridades. Estamos com vocês”, afirmou. 

Antes de se fortalecer e atingir a categoria máxima de furacão, a tormenta passou pela República Dominicana e o Haiti, deixando ao menos 12 mortos. Houve reflexos ainda em Cuba, mas sem vítimas fatais.

Fonte:
https://veja.abril.com.br/mundo/furacao-laura-pode-ser-um-dos-piores-da-historia-dos-estados-unidos/