Filipinas proíbem importação de frango do Brasil por medo de Covid-19

O Departamento da Agricultura das Filipinas anunciou sexta-feira, 14, a suspensão temporária da importação de frango brasileiro. A medida acontece um dia depois de autoridades da cidade de Shenzen, na China, detectarem a presença do coronavírus em um lote do animal.

“Com os relatórios recentes vindos da China e cumprindo as leis de segurança alimentar que regulam o ramo alimentício e salvaguardam os consumidores filipinos, a proibição temporária de carne de frango está imposta”, disse o departamento em nota.

Em 2019, o Brasil exportou 35 milhões de dólares em carne de frango para as Filipinas, segundo dados do Ministério da Economia.

Na quinta-feira 13, o prefeito da cidade chinesa de Shenzhen, perto de Hong Kong, disse que autoridades sanitárias detectaram o vírus em amostras colhidas na terça-feira em asas de frango congeladas vindas do Brasil, o maior produtor de carne de frango.

Continua após a publicidade

Em nota na quinta-feira, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Brasil indicou que a ocorrência “não foi notificada oficialmente pelas autoridades chinesas”, mas acionou todos os mecanismos pertinentes na China para buscar “informações oficiais que esclareçam as circunstâncias da suposta contaminação”.

O comunicado ressalta que, segundo a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) e a OMS (Organização Mundial da Saúde), “não há comprovação científica de transmissão do vírus da Covid-19 a partir de alimentos ou embalagens de alimentos congelados”.

O chefe do programa de emergências da OMS, Mike Ryan, também afirmou que não há risco de contaminação de humanos quando o coronavírus está em alimentos.

ASSINE VEJA

A encruzilhada econômica de Bolsonaro Na edição da semana: os riscos da estratégia de gastar muito para impulsionar a economia. E mais: pesquisa exclusiva revela que o brasileiro é, sim, racista

Clique e Assine

“As pessoas não devem temer alimentos e embalagens de alimentos”, disse. “Não há evidências de que a cadeia alimentar esteja contribuindo para a transmissão desse vírus.”

Fonte:
https://veja.abril.com.br/mundo/filipinas-proibe-importacao-de-frango-do-brasil-por-medo-de-covid-19/