Explosões deixam ao menos 17 mortos e 400 feridos na Guiné Equatorial