Estátua de Melania Trump é incendiada na Eslovênia

Uma estátua da primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, foi incendiada no dia da independência americana, 4 de julho. A escultura de madeira ficava em Rozno, perto de Sevnica, cidade natal de Melania, na Eslovênia

Não se sabe quem ateou fogo no monumento. Brad Downey, artista americano sediado em Berlim que encomendou a estátua, coordenou sua remoção um dia depois del ela ser carbonizada. 

ASSINE VEJA

Governo Bolsonaro: Sinais de paz Leia nesta edição: a pacificação do Executivo nas relações com o Congresso e ao Supremo, os diferentes números da Covid-19 nos estados brasileiros e novas revelações sobre o caso Queiroz

Clique e Assine

“Quero saber por que eles fizeram isso”, disse Downey, que esperava que a estátua fomentasse um diálogo sobre a situação política nos Estados Unidos, destacando o status de Melania Trump como imigrante casada com um presidente que jurou reduzir a imigração.

A polícia informou à agência de notícias Reuters que havia iniciado uma investigação.

Continua após a publicidade

A escultura de Melânia foi esculpida em um tronco de árvore, em julho de 2019, e causou muita polêmica na cidade por não retratar a beleza da primeira dama americana, uma ex-modelo.

Estátua de Melania: houve quem viu semelhança com os Smurfs –  REUTERS/Borut Zivulovic Borut Zivulovic/Reuters

Com formas abstratas, a estátua retrata a senhora Trump com um braço erguido e um casaco azul, semelhante ao que ela vestia durante a posse do marido. 

Alguns moradores classificaram a estátua como uma “desgraça”, reclamando que mais parecia a personagem Smurfette, do desenho animado “Smurfs”, do que a primeira-dama.

A destruição da estátua acontece no momento em que muito monumentos estão sendo derrubados ao redor do mundo, na esteira dos protestos contra a morte de George Floyd, o afro-americano assassinado nos Estados Unidos por um policial branco. Os alvos preferidos dos manifestantes são imagens de pessoas ligadas ao passado colonial e escravagista das Américas.

Continua após a publicidade

O presidente americano rechaçou a deposição dos monumentos. Em um discurso no Monte Rushmore, durante o dia da independência, Donald Trump atacou as “Multidões raivosas [que] estão tentando demolir estátuas de nossos fundadores, desfigurar nossos memoriais mais sagrados e desencadear uma onda de crimes violentos em nossas cidades”.

Em janeiro desse ano, uma estátua do republicano também foi alvo de protestos na Eslovênia. Uma imagem de madeira de quase oito metros que havia sido construída em sua homenagem ao leste da capital Liubliana, foi queimada por incendiários desconhecidos. 

Fonte:
https://veja.abril.com.br/mundo/estatua-de-melania-trump-e-incendiada-na-eslovenia/