Estamos abandonando o modelo de substituição das importações, diz Troyjo

São Paulo – Depois de décadas de políticas de industrialização por substituição das importações, ou seja, de incentivos internos e barreiras aos produtos vindos de fora para que os fabricantes nacionais se desenvolvam, o Brasil trabalha, agora, para abandonar esse modelo e se desenvolver por meio de acordos internacionais e da ampliação de seu comércio com o resto do mundo.

É esta a visão que está no centro do pensamento e das principais políticas do atual governo, de acordo com o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo.

Fonte:
https://exame.com/economia/estamos-abandonando-o-modelo-de-substituicao-das-importacoes-diz-troyjo/