Coque representou 17,3% do total de cargas movimentadas no Porto de Imbituba em 2020 | Brazil Modal

O coque de petróleo manteve a liderança de volume de movimentação anual no Porto de Imbituba em 2020, ultrapassando um milhão de toneladas (1.017.306,15). Ao todo, 28 navios atendidos no porto transportaram este granel mineral: 19 para desembarque de importação e nove carregados para exportação.

As operações de coque ocorreram no Cais 1 e no Cais 3, o qual está interligado a um sistema transportador de correia até o pátio de estocagem do Terminal de Importação e Exportação de Granéis Sólidos (TIEGS), arrendado pela CRB – Grupo Votorantim. Nestas movimentações, o granel mineral é retirado do navio por um guindaste sobre rodas (MHC), colocado no funil e transferido para o TIEGS pelas correias transportadoras. As demais operações para embarque e desembarque de coque ocorrem com MHC e contam com o apoio de piscinas e funis metálicos, respectivamente, para apoiar a retirada da carga dos caminhões ou abastecê-los.

O granel importado veio principalmente dos Estados Unidos. Já o volume exportado teve destinos diversos: Bahrein, Canadá, China e EUA. O coque tem ampla possibilidade de utilização industrial, como na produção de cimento.

Em relação a 2019, quando também passaram pelo porto pouco mais de um milhão de toneladas, houve queda de cerca de 4% nos volumes de coque operados. No entanto, a carga garantiu a fatia de 17,3% do total movimentado no último ano e contribuiu significativamente para os resultados do Porto, que fechou 2020 com a maior movimentação de sua história (5,8 milhões de toneladas).

 

 

 

Fonte: Portos e Navios

Fonte:
http://brazilmodal.com.br/2015/highlights/coque-representou-173-do-total-de-cargas-movimentadas-no-porto-de-imbituba-em-2020/