Contagem de Embraer E190 na Azul cai para apenas quatro exemplares | Brazil Modal

Nessa semana, um jato Embraer E190 de matrícula PR-AJC foi visto em voo de Boa Vista para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, marcando sua despedida do território nacional em mais uma devolução de um avião desse modelo pela Azul Linhas Aéreas.

Com isso, a contagem regressiva de E190 no Brasil reduz ainda mais, restando apenas quatro jatos do modelo na frota da Azul. Além disso, atualmente, na base da ANAC não há nenhum voo programado para essas aeronaves, dando a entender que o plano é mesmo sua aposentadoria. Isso tornará esse E-Jet uma avis-rara em céus brasileiros.

Ao longo de sua história, a Azul operou um total de 22 aeronaves do E190, muitos dos quais oriundos da JetBlue, empresa aérea que, assim como a brasileira, foi fundada por David Neeleman. Foi o avião que deu vida à empresa em seus primórdios, mas, com o tempo, foi perdendo espaço na frota e, por consequência, sendo gradativamente substituído pelos Embraer E195.

Os jatos ainda na frota são os seguintes

PR-AZA: um dos primeiros aviões da Azul, entregue em novembro de 2008 depois de voar na JetBlue por poucos meses. O nome de batismo é “AzulVille” em referência a sede da empresa em Barueri. Ele está parado em Porto Alegre.

PR-AZE: entregue novo de fábrica à Azul em junho de 2009, carrega consigo o nome de batismo “Verde, Amarelo e Azul”. Está parado em Belo Horizonte.

PR-AZG: chegou também novo em novembro de 2009, batizado de “A Terra é Azul”. Está parado em Belo Horizonte.

PR-AZL: foi o primeiro avião da frota da Azul, tendo chegado ao Brasil em setembro de 2008 proveniente dos EUA, onde voou antes na JetBlue por um ano e meio. Ganhou o nome de batismo “O Rio de Janeiro continua Azul”. Está parado em Belo Horizonte.

 

 

 

Fonte: Aeroin

Fonte:
http://brazilmodal.com.br/2015/highlights/contagem-de-embraer-e190-na-azul-cai-para-apenas-quatro-exemplares/