China, Índia e Rússia expandem áreas de influencia em meio à pandemia