Caso Madeleine: Reino Unido e Alemanha investigam novo suspeito

As polícias do Reino Unido e da Alemanha anunciaram nesta quarta-feira, 3, um novo suspeito no caso do desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann: um homem alemão atualmente detido em uma prisão alemã por crimes de agressão sexual. As autoridades querem falar com qualquer pessoa que possua informações relevantes sobre o detento, que tem 43 anos e cujo nome, porém, não foi divulgado.

As autoridades procuram, especialmente, descobrir qual era o paradeiro de dois veículos que hoje são ligados ao suspeito durante o desaparecimento de McCann, em 2007. Ambos os carros, uma van caravana da Volkswagen e um Jaguar, estão atualmente na posse da polícia alemã.

Além dos dois automóveis, dois números de telefones de Portugal, onde McCann foi vista pela última vez, são novas pistas apresentadas pelas autoridades nesta terça-feira. O primeiro número foi usado pelo suspeito e recebeu uma ligação de 30 minutos do segundo número na véspera do desaparecimento da jovem.

“Mais de 13 anos se passaram e as lealdades podem ter mudado. Esse indivíduo está na prisão… agora é a hora de avançar ”, disse o chefe de investigação britânico, Mark Cranwell.

Continua após a publicidade

A polícia alemã disse tratar o caso como suspeito de assassinato, mas não acreditam que o crime era pré-meditado, e disseram que o homem estava envolvido em crimes como arrombamentos e roubos. As autoridades britânicas, porém, ainda tratam o caso como uma pessoa desaparecida.

McCann desapareceu de seu quarto em 3 de maio de 2007, aos três anos de idade, durante uma viagem de férias na região do Algarve, Portugal, enquanto seus pais estavam jantando com amigos nas proximidades, no resort da Praia da Luz.

Fonte:
https://veja.abril.com.br/mundo/reino-unido-e-alemanha-investigam-novo-suspeito-do-caso-madeleine/