Alemanha afirma que epidemia de coronavírus está ‘sob controle’ no país

A epidemia do novo coronavírus está “sob controle” na Alemanha, depois de um mês de restrições sociais, afirmou nesta sexta-feira, 17, o governo, que também prometeu uma produção em larga escala de máscaras.

Pela primeira vez, o chamado ‘ratio’ de infecção, que mede o número de novas pessoas contaminadas em média por cada enfermo de Covid-19, caiu para 0,7%, segundo o Instituto Robert Koch, a autoridade responsável pela vigilância epidemiológica. A epidemia está “sob controle e é administrável”, anunciou o ministro da Saúde, Jens Spahn.

O ‘ratio’ de infecção é um indicador crucial para as autoridades, pois dá pistas muito concretas sobre a capacidade do sistema de saúde de absorver o impacto da epidemia. A chanceler Angela Merkel advertiu na quarta-feira 15 que o sistema de saúde alemão poderia ficar saturado no caso de aumento da taxa de infecção.

A Alemanha, que não optou pela quarentena obrigatória, impôs grandes restrições em todo o território, desde o fechamento das escolas e centros culturais, até a proibição de reuniões com mais de duas pessoas.

Continua após a publicidade

“Podemos dizer agora que tem funcionado, que conseguimos passar de um crescimento dinâmico a um crescimento linear, as taxas de infecção diminuíram de maneira significativa”, destacou Spahn em uma entrevista coletiva, durante a qual explicou que a Alemanha testou até o momento 1,7 milhão de pessoas. “Outro dado importante e promissor é que desde 12 de abril há mais pacientes que se recuperam a cada dia que novas infecções”, destacou.

O país registra até o momento 133.830 casos oficialmente declarados do novo coronavírus (foram 3.380 novos em 24 horas), com 3.868 mortes, de acordo com o Instituto Robert Koch. Mais de 81.000 pessoas se recuperaram.

A Alemanha começará a flexibilizar as restrições. A partir de segunda-feira, as lojas de até 800 metros quadrados poderão reabrir as portas, caso obedeçam a regras rígidas de higiene. As escolas poderão retomar as aulas a partir de 4 de maio, começando pelos alunos mais velhos.

“A etapa vencida, no entanto, é frágil”, advertiu Merkel, que está em seu momento de maior popularidade após catorze anos de governo. Grandes eventos, como concertos ou competições esportivas, permanecerão proibidos até pelo menos 31 de agosto. As concentrações de mais de duas pessoas estão vetadas em locais públicos e deve ser respeitada uma distância mínima de 1,5 metro.

Continua após a publicidade

“Teremos que aprender a conviver com o vírus”, insistiu o ministro da Saúde. Durante a entrevista coletiva desta sexta-feira, Spahn informou que empresas alemãs produzirão 50 milhões de máscaras por semana a partir de agosto, incluindo 10 milhões do tipo FFP2, que apresentam uma proteção maior contra o coronavírus.

“Assinamos contratos com 50 empresas que desejam produzir 10 milhões de máscaras FFP2 e 40 milhões de máscaras cirúrgicas a partir de agosto”, declarou o ministro.

(Com AFP)

Fonte:
https://veja.abril.com.br/mundo/alemanha-afirma-que-epidemia-de-coronavirus-esta-sob-controle/